Feliz ‘Eu’ Novo

Eu quando era pequena tinha muito medo do tempo. Acho que como toda criança, não queria crescer. Eu era tão feliz com meus patins e minhas bonecas e via tanto adulto sofrendo, estressado, triste, que tinha medo de ficar daquele jeito um dia. Lembro de ver minhas primas na TPM, sofrendo por seus primeiros namorados e cheguei a jurar pra minha mãe que nunca seria daquela maneira, mas ela, me garantiu: Camila, todo mundo passa por isso.

O tempo foi passando e não sei como ou a partir de que momento eu passei a viver tudo aquilo que prometi pra mim mesma que nunca viveria. Não sei quando exatamente deixamos a infância e a pureza da vida de lado e nos jogamos nesse precipício de problemas, preocupações e compromissos.

Essa “crença” nas mudanças que a virada do ano pode trazer vem (obviamente) muito na nossa necessidade de mudar alguma coisa em nossas vidas, mas é engraçado como, por muito tempo, eu acreditei que o tempo seria o grande responsável por tudo isso, afinal, ouvi tanto a vida toda que “o tempo cura” que acabei até personificando e dando a ele poderes que só poderiam vir de mim mesma.

Eu passei por muita coisa que me deixou no chão, acreditando que com o tempo o sofrimento iria embora. Vivia então dia após dia na espera de uma cura milagrosa do calendário. Mas o tempo passava e eu continuava ali, com as mesmas dúvidas sobre mim e sobre a vida.

Eu fazia listinhas para o ano que estava por vir, fazia a contagem regressiva para uma virada, uma horinha que pra mim significava sempre o início de uma nova era, dessa vez maravilhosa e cheia de coisas incríveis, um ano com certeza inesquecível, O ANO. Comia sete uvas e pulava sete ondas como se cada uma delas fosse um passo a frente para o éden. Quando olhava os fogos sentia que estava transcendendo, que agora sim a vida seria maravilhosa. Mas sinceramente? Eu era uma pessoa dia 31 e exatamente a mesma dia 1, o que era o maior sinal de que exatamente nada mudaria, a não ser que eu mudasse também.

É por isso que dou risada quando vejo pessoas falando que 2015 vai ser O ano, ou que 2014 trouxe muitas tristezas. O tempo não significa absolutamente nada, é só uma invenção humana para o controle, sem significado algum. Ele não tem poderes extraterrestres pra mudar a sua vida e te fazer feliz, só você mesmo pode optar por isso e fazer acontecer.

Hoje eu vou sim comemorar a passagem do ano, como quase a maioria das pessoas desse mundo, mas com outra sensação no coração. Não espero que o tempo mude coisa alguma, só agradeço por ter adquirido a consciência que tenho hoje e rezo para que as pessoas aproveitem essa crença na mudança drástica do Ano Novo, para buscarem a verdade e o amor. Não o amor romântico, mas o amor que criou a vida e que traz com ele seu real significado. Sem medo, sem angústias, sem preocupações, porque a vida não precisa de nada disso.

Não espere dar certo, faça dar certo. É você que escolhe entre sofrer e ser feliz.
Escolha o amor
Feliz Ano Novo

/home/wpcom/public_html/wp-content/blogs.dir/0a4/40066214/files/2014/12/img_5727.jpg

Anúncios

5 comentários sobre “Feliz ‘Eu’ Novo

  1. Ta lindo, Ca! Acho incrível quem pensa assim. As pessoas continuam as mesmas e esperam que a virada do ano faça mágica na vida delas. Enfim. Feliz ano novo, princesa!!! 💕

  2. Camilaaa minha pequena ta de parabénss, seu texto me ajudou de coração refletir sobre o “Ano Novo”
    Todos falam que é “Ano Novo” Mas pra falar a verdade o que muda são ao os números correto? Pq se vc não muda coração do que adianta….
    Teu texto como sempre TA PERFEITO ❤ TE AMO

  3. Que reflexão maravilhosa.
    Me vi em várias partes desse post, só mudando que quando eu era criança queria muito ser adulta. Imaginava uma vida perfeita (tipo “malhação” de antigamente) – com crises, claro – mas que no final tudo acabaria perfeito. Doce ilusão, né? Nem sempre as coisas acabam bem (ou bem conforme os nossos olhos), isso é parte da vida e só entendemos quando crescemos.
    Tô confiando em um 2015 onde eu mude pelo meu próprio desejo de ser uma pessoa melhor (em todos os sentidos) – sem listinhas, sem metas escritas.

    Beijo e um ótimo 2015!
    Beijos

  4. Fazia tempo que eu n lia os textos aqui do blog e tinha esquecido o quanto eu gostava de fazer isso.”Não espere da certo,faça dar certo.E você que escolhe entre sofrer e ser feliz”amei essa frase e com certeza concordo com os você disse n é porque acontece a passagem de um ano que a vida vai mudar,ela só muda quando nos mudamos.
    Cah feliz ano novo
    Beijos

  5. Sempre me identifico com seus pensamentos, por isso gosto tanto do blog. Gosto de vc porque é um ser humano real, e não tem medo de se expressar. Tá de parabéns! Que Deus abençoe seus sonhos e projetos, que vc cresça muito na vida! Vc merece!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s